Publicidade

Correio Braziliense

Reino Unido pede retorno imediato de britânicos que estão no Brasil

Autoridades alertam que rotas aéreas que ligam os dois países estão em falta e que não planejam fretar voos em meio à pandemia de covid- 19


postado em 06/05/2020 16:32 / atualizado em 06/05/2020 16:35

(foto: Andrew Caballero-Reynolds/AFP)
(foto: Andrew Caballero-Reynolds/AFP)
A Embaixada do Reino Unido no Brasil pediu, na terça-feira (5/5), o retorno imediato de britânicos que estão no território brasileiro. Autoridades alertam que rotas aéreas que ligam os dois paises estão em falta e que não planejam fretar voos em meio à pandemia de covid- 19.

Em um post no Twitter, o embaixador britânico, Vijay Rangarajan, escreveu: “Se você é um cidadão britânico ainda viajando no Brasil, eu reforço o pedido para que você volte ao Reino Unido imediatamente, utilizando os voos comerciais ainda disponíveis”. 



Atual epicentro do coronavírus na Europa, o Reino Unido tem, no momento, o maior número de óbitos devido à Covid-19 no continente, com 30.076 casos fatais. Assim, o país ultrapassou a Itália, que registrou 29.684 mortes.

Os britânicos não são os primeiros a pedirem que seus cidadãos deixem o Brasil. Em abril, Itália e Alemanha também já haviam feito esta recomendação. A razão para este pedido vai além dos números de morte no Brasil devido ao coronavírus. Como o turismo sofreu impacto pelas políticas de controle da enfermidade no mundo, os governos receiam que seus cidadãos fiquem presos no Brasil, sem voltar ao território de origem, caso companhias aéreas parem de operar.

*Estagiária sob supervisão de Fernando Jordão

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade