Publicidade

Correio Braziliense

Protestos por morte de George Floyd aumentam nos EUA e atingem 13 cidades

Minneapolis declarou toque de recolher. O homem negro foi morto há três dias por um policial branco na cidade


postado em 29/05/2020 22:36 / atualizado em 29/05/2020 22:55

(foto: Scott Olson/Getty Images/AFP)
(foto: Scott Olson/Getty Images/AFP)
Pelo menos 13 cidades dos Estados Unidos registram protestos, nesta sexta-feira (29/5), contra a morte de George Floyd, um homem negro morto durante uma abordagem policial. Minneapolis declarou toque de recolher para conter manifestantes e a Casa Branca estaria em em "lockdown" devido aos protestos que ocorrem ao redor da sede do governo americano. De acordo com jornais do país, milhares de manifestantes estão do lado de fora dos portões da residência oficial do presidente Donald Trump. 

Ver galeria . 8 Fotos Elijah Nouvelage / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP
(foto: Elijah Nouvelage / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP )

 

George Floyd foi morto há três dias por um policial branco, na cidade de Minneapolis, no estado de Minnesota. O policial americano Derek Chauvin que aparece em um vídeo ajoelhando sobre o pescoço de George Floyd foi preso nesta sexta-feira (29/5). No vídeo, o policial mantém Floyd nessa posição por ao menos cinco minutos, enquanto ele grita: "Não consigo respirar!" antes de morrer. Chauvin já havia sido demitido em conexão com a morte ocorrida no dia 25 em Minneapolis.

 

De acordo com a imprensa norte-americana, é possível ouvir os manifestantes gritarem "não consigo respirar", as palavras que Floyd disse antes de morrer.


Confira algumas postagens nas redes sociais sobre os protestos: 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade