Publicidade

Correio Braziliense

Esposa de policial acusado de matar George Floyd pede divórcio do marido

Segundo nota, ela estaria ''devastada" com a morte do homem negro


postado em 30/05/2020 21:26

(foto: Darnella Frazier / Facebook/Darnella Frazier / AFP)
(foto: Darnella Frazier / Facebook/Darnella Frazier / AFP)
Kellie Chauvin, mulher do policial americano Derek Chauvin, preso sob acusação de matar George Floyd, pediu divórcio. A informação foi dada pelos advogados dela em nota emitida na sexta-feira (29/5). 

A morte de George Floyd, um homem negro, gerou milhares de protestos pelo país. Este seria o motivo do divórcio, segundo a nota. 

A nota diz que ela está devastada "Esta noite, eu falei com Kellie Chauvin e a família dela. Ela está devastada pela morte do sr. Floyd e sua mais profunda empatia está com a família dele, com seus entes queridos e com todos que estão de luto com essa tragédia. Ela entrou com um pedido de dissolução de seu casamento com Derek Chauvin", diz. 
 
Chauvin é um dos quatro policiais demitidos da polícia após o vídeo que mostra a prisão de Floyd na segunda-feira por supostamente tentar pagar em uma loja com uma nota falsa de US$ 20. 

A vítima aparece algemado e deitado na rua com o joelho de Chauvin em seu pescoço por pelo menos cinco minutos. 

O policial, Derek Chauvin, foi acusado na sexta-feira de assassinato de terceiro grau, sem intenção de matar, e uma acusação de morte por negligência. 




Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade