Publicidade

Correio Braziliense

Escolas da Coreia do Norte retomam as aulas após dois meses de paralisação

Pyongyang não informou nenhum caso de covid-19, o que provoca muitos questionamentos entre os especialistas


postado em 01/06/2020 09:14

(foto: KCNA / KCNA VIA KNS / AFP)
(foto: KCNA / KCNA VIA KNS / AFP)
Os colégios da Coreia do Norte retomaram as atividades nesta segunda-feira (1/6), dois meses após a paralisação das atividades como medida de precaução contra o novo coronavírus, informou a imprensa norte-coreana.

Pyongyang não informou nenhum caso de covid-19, o que provoca muitos questionamentos entre os especialistas, já que o vírus que surgiu na vizinha China se propagou a todos os continentes. O regime norte-coreano adotou medidas drásticas, com o fechamento das fronteiras e um decreto de confinamento de milhares de pessoas.

O novo semestre escolar deveria ter começado em abril. Alguns institutos e universidades já haviam sido autorizados a retomar as aulas.

"O novo semestre começará nas escolas, faculdades e institutos no início de junho e foram tomadas medidas de quarentena para permitir a reabertura de jardins de infância e pré-escolas", afirmou a agência norte-coreana Yonhap.

"As autoridades devem disponibilizar termômetros e soluções desinfetantes na entrada de cada centro, nas salas de aula e nos escritórios. Funcionários das escolas e creches devem respeitar as regras da luta contra o coronavírus", acrescentou a agência.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade