Publicidade

Correio Braziliense

Milhares de pessoas protestam em Paris contra violência policial na França

Os manifestantes foram convocados pelo comitê de apoio à família de Adama Traoré, um negro de 24 anos que morreu após ser preso em 2016


postado em 02/06/2020 16:44

(foto: STEPHANE DE SAKUTIN / AFP)
(foto: STEPHANE DE SAKUTIN / AFP)
Milhares de pessoas se reuniram nesta terça-feira(02) em frente ao Tribunal de Paris contra a violência policial, em meio a um contexto de distúrbios pelo mesmo tema nos Estados Unidos. 

Os manifestantes foram convocados pelo comitê de apoio à família de Adama Traoré, um negro de 24 anos que morreu após ser preso em 2016. 

"Hoje não é apenas o combate da família Traoré, é o combate de todos vocês. Hoje, quando lutamos por Georges Floyd, lutamos por Adama Traoré", disse Assa Traoré, irmã de Adama. 


Em 19 de julho de 2016, Adama Traoré morreu em uma delegacia nos arredores de Paris, cerca de duas horas depois de ser preso.

O caso tornou-se um símbolo de violência policial no país. 

Na semana passada, a perícia descartou a responsabilidade dos policiais, mas nesta terça-feira, uma perito contratado pela família de Traoré indicou que ele sofreu socos na barriga, técnica de detenção utilizada pelos agentes. 

A prefeitura proibiu manifestações devido à crise do coronavírus, que não permite concentrações de mais de 10 pessoas, e também ao risco de "tumultos". 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade