Publicidade

Correio Braziliense

Suíça reabre fronteiras com países da União Europeia em 15 de junho

Essa decisão é consequência da "videoconferência informal, nesta sexta-feira, entre os ministros do interior dos Estados Schengen", acrescentou o governo suíço, em um comunicado


postado em 05/06/2020 13:22

(foto: Fabrice COFFRINI / AFP)
(foto: Fabrice COFFRINI / AFP)
A Suíça decidiu, nesta sexta-feira (5), reabrir suas fronteiras com todos os países da União Europeia em 15 de junho, uma medida reivindicada pela Itália.

Em meados de maio, o governo suíço anunciou para 15 de junho seu projeto de reabertura de suas fronteiras com Áustria, Alemanha e França, declarando, alguns dias depois, sua intenção de restaurar a livre-circulação de pessoas e a liberdade de viajar com todos os Estados do espaço Schengen até 6 de julho.

Quando a Itália decidiu suspender as restrições à entrada nas fronteiras internas do Schengen com seus países vizinhos, em 3 de junho, Roma solicitou reciprocidade.

Até agora, as autoridades suíças haviam rejeitado a proposta italiana. Na terça-feira, afirmou-se que era "muito cedo para suspender os controles" com a Itália.

Três dias depois, e "tendo em vista a atual situação epidemiológica", o governo suíço considera que as restrições à entrada em vigor poderão ser levantadas em 15 de junho para todos os Estados-Membros da UE, assim como Reino Unido, Noruega, Islândia e Liechtenstein.

Essa decisão é consequência da "videoconferência informal, nesta sexta-feira, entre os ministros do interior dos Estados Schengen", acrescentou o governo suíço, em um comunicado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade