Mundo

» Palavra de especialista

postado em 18/06/2020 04:06
Um caminho natural
;Pesquisadores da área de infectologia já sabiam das limitações envolvidas no uso da cloroquina para o tratamento da covid-19, como o risco de problemas cardíacos, algo que foi reforçado em uma série de estudos publicados recentemente. Essas constatações, em conjunto com os dados do estudo Recovery divulgado na terça-feira, já indicavam que a Organização Mundial da Saúde poderia ter esse tipo de posicionamento. É um caminho natural, à medida que os dados vão sendo gerados, deixamos drogas menos promissoras de lado e nos concentramos nas que se mostram mais eficientes. É um processo comum e esperado. Isso não quer dizer que ela esteja totalmente descartada, caso dados positivos surjam futuramente. Mas devido à urgência que vivemos, é importante priorizar compostos que se mostram mais eficazes.;
Werciley Júnior, infectologista e chefe da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital Santa Lúcia, em Brasília

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação