Mundo

Suprema Corte se pronuncia contra Trump e ampara jovens migrantes

Na manhã desta quinta-feira, a Suprema Corte, em uma decisão de 5 a 4, negou a tentativa do governo Trump de encerrar o DACA, o programa de Ação Diferida para Chegadas de Infância

Agência France-Presse
postado em 18/06/2020 11:57
Os destinatários da DACA e seus apoiadores protestam fora da Suprema Corte dos EUA em 18 de junho de 2020 em Washington, DC.A Suprema Corte dos Estados Unidos se pronunciou nesta quinta-feira contra uma ordem executiva do presidente republicano Donald Trump que pretende acabar com um programa de proteção dos "dreamers", grupo de 700.000 jovens que chegaram ao país sem documentos acompanhando seus pais quando eram crianças.

O tribunal considerou que seria "arbitrário e caprichoso" acabar com o programa adotado pelo presidente democrata Barack Obama para dar proteção contra as deportações e permissões de trabalho aos jovens, principalmente procedentes da América Latina e muitos deles sem recordações de seus países de origem.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação