Mundo

Europa abre suas fronteiras para turistas de 15 países

O único país da América Latina a receber autorização foi o Uruguai

Fernanda Strickland*
postado em 30/06/2020 13:44
Um passageiro vestido com máscara que chega no primeiro vôo comercial internacional da Europa fala com um oficial de controle de passaportes no Aeroporto Internacional de Tunis-Carthage, na capital da Tunísia, em 27 de junho de 2020A União Europeia decidiu reabrir as fronteiras para turistas de 15 países, mas manteve a proibição para a entrada de brasileiros, além de americanos e russos. A justificativa dada foi que os casos de coronavírus nestes locais estão em disparada.

Além do Brasil, Estados Unidos, Rússia, Arábia Saudita e Turquia foram julgados como críticos em relação ao risco de contágio. As fronteiras europeias foram encerradas para estes locais no início de março pela primeira vez na história.

A proibição de entrada é para viagens ;não essenciais;, como turismo. As restrições não se aplicam a quem tem a documentação necessária para intercâmbio, trabalhadores sazonais, passageiros em trânsito, refugiados e familiares de residentes, entre outras exceções.

Para autorizar a entrada de turistas, foi confirmada uma lista provisória dos viajantes de 14 países, que são considerados fora de perigo como: Argélia, Austrália, Canadá, Coreia do Sul, Geórgia, Japão, Marrocos, Montenegro, Nova Zelândia, Ruanda, Sérvia, Tailândia, Tunísia e Uruguai.

[SAIBAMAIS]Esta lista será atualizada a cada duas semanas e será utilizado como parâmetro a curva do contágio pelo novo coronavírus, números de novos casos, a confiabilidade dos números, a capacidade de testes e as regras de prevenção estabelecidas em cada país.

Os países também podem recusar a entrada de residentes de algum outro país que integre a lista, caso queira adotar um critério mais rigoroso. No entanto, há o compromisso de respeitar integralmente a lista de barrados, pois cada fronteira é competência de cada nação.

Países como a Islândia, Noruega, Suíça e Liechtenstein, que não fazem parte da União Europeia, mas integram o acordo de livre circulação no continente (Espaço Schengen) tendem a adotar os mesmos critérios, com alguma autonomia.

Já os países que forma a União Europeia são Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Polônia, Portugal, República Tcheca, Romênia e Suécia.

*Estagiária sob supervisão de Roberto Fonseca.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação