Publicidade

Correio Braziliense

Noivo que queria adiar casamento morre de covid; festa deixa 100 infectados

Homem de 30 anos pensou em adiar a festa, mas foi impedido por familiares para evitar um prejuízo financeiro


postado em 02/07/2020 19:20 / atualizado em 02/07/2020 19:50

(foto: Xavier Galiana/AFP)
(foto: Xavier Galiana/AFP)
Um homem de 30 anos morreu com suspeita de covid-19 apenas dois dias depois de seu casamento, na cidade de Paliganj, em Bihar, na Índia. O engenheiro de software começou a apresentar sintomas característicos do novo coronavírus antes da cerimônia e pensou em adiar a festa, mas foi impedido por familiares que queriam evitar um prejuízo financeiro.

O caso aconteceu em junho, mas foi divulgado nesta semana. De acordo com a rede CBS News, o homem, cujo nome não foi divulgado, deixou sua casa, no subúrbio de Nova Déli rumo à cidade natal, onde ocorreria o casamento. Quando chegou a Paliganj, começou a ter febre e diarreia, mas não fez teste para covid-19. 

O noivo, então, pediu para adiar a cerimônia, marcada para 15 de junho, mas familiares dele e da noiva o impediram. Ele foi medicado para tratar os sintomas, e a festa foi realizada normalmente, com a presença de cerca de 350 convidados. Celebrações deste tipo, aliás, estão proibidas no país, que só permite eventos com, no máximo, 50 pessoas. 

Dois dias depois, o engenheiro de software continuou doente. A família tentou levá-lo a um hospital, mas ele morreu no caminho. O corpo foi cremado, sem que as autoridades locais fossem informadas. Assim, ele nunca foi submetido a um teste de covid-19.

Depois de, enfim, tomarem conhecimento do caso, as autoridades começaram uma busca pelos convidados da festa. Alguns deles já apresentavam sintomas e 15 acabaram testando positivo. A noiva, contudo, não foi uma delas. Na sequência, foram rastreados indivíduos que tiveram contato com os presentes à cerimônia. Cerca de 360 moradores da região foram testados e quase 100 estavam infectados com o novo coronavírus. Não há confirmação de morte além da do noivo.

Segundo a Universidade Johns Hopkins, a Índia é o quarto país do mundo com mais casos de covid-19, com 604.641 pacientes confirmados, atrás apenas de Estados Unidos, Brasil e Rússia. Em número de mortes, a nação asiática fica na oitava colocação, com 17.834 óbitos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade