Publicidade

Correio Braziliense

Homem é condenado na Alemanha por matar seis membros da família

Tanto a acusação quanto a defesa solicitaram sua internação em um centro psiquiátrico


postado em 10/07/2020 12:37

(foto: Divulgação/Agepen)
(foto: Divulgação/Agepen)
Berlim, Alemanha - Um homem de 27 anos foi condenado a 15 anos de prisão na Alemanha, nesta sexta-feira (10), pelo assassinato de seis membros de sua família, incluindo seus pais, e será internado em um hospital psiquiátrico.

Adrian S. foi declarado culpado e condenado por homicídio e tentativa de homicídio, depois de matar pai, mãe, meio-irmão, meio-irmã, tio e tia com um revólver semiautomático de 9mm, de acordo com o veredicto do Tribunal Regional de Ellwangen, no sudoeste da Alemanha.

Algumas de suas vítimas foram baleadas na cabeça. Outros dois membros de sua família ficaram gravemente feridos. Tanto a acusação quanto a defesa solicitaram sua internação em um centro psiquiátrico.

O homem, que tinha permissão para porte de armas e praticava tiro esportivo, admitiu os fatos no início do julgamento e manifestou seu pesar. Um psiquiatra determinou que ele sofria de alucinações e doenças mentais.

A tragédia aconteceu em 24 de janeiro, em Rot am See, uma pequena cidade perto de Stuttgart, quando a família se reuniu para o enterro de sua avó. Foi o próprio atirador que chamou a polícia para se entregar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade