Mundo

Milhões de pessoas afetadas por inundações no sul da Ásia

Em Asam, no nordeste da Índia, mais de 2,1 milhões de pessoas sofrem desde meados de maio com tempestades e pelo menos 50 pessoas morreram

Agência France-Presse
postado em 14/07/2020 13:29
 (foto: MUNIR UZ ZAMAN/AFP)
(foto: MUNIR UZ ZAMAN/AFP)
Pessoas andam de barco pelas águas inundadas em Sunamgong, na ÁsiaBiswambharpur, Bangladesh - Cerca de quatro milhões de pessoas foram afetadas por inundações de monções no sul da Ásia, segundo fontes oficiais, e um terço de Bangladesh está embaixo da água após as chuvas mais fortes da década.

A monção - que geralmente ocorre entre junho e setembro - é crucial para a economia do subcontinente, mas também causa destruição e morte na região. "Essas serão as piores inundações em uma década", disse à AFP o chefe do centro meteorológico de Bangladesh, Arifuzzaman Bhuiyan.

Segundo Bhuiyan, um terço do país - com centenas de rios e deltas e muito propenso a inundações - está debaixo d;água.

Em Asam, no nordeste da Índia, mais de 2,1 milhões de pessoas sofrem desde meados de maio com tempestades e pelo menos 50 pessoas morreram, segundo fontes oficiais.

[SAIBAMAIS]Os moradores e os serviços de socorro enfrentam uma dupla ameaça: as inundações e o coronavírus, que em Asam contaminou mais de 17.000 pessoas. No Nepal, pelo menos 50 pessoas morreram em deslizamentos de terra e inundações.

Na Indonésia, as autoridades anunciaram nesta terça-feira que pelo menos 15 pessoas morreram e outras dezenas desapareceram após as súbitas enchentes que inundaram centenas de casas na ilha de Celebes.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação