Mundo

Rei Salman, de 84 anos, da Arábia Saudita, é internado

O reino informa apenas de maneira excepcional sobre o estado de saúde do monarca, responsável desde 2015 pelo país

Agência France-Presse
postado em 20/07/2020 08:36
Esta foto de arquivo fornecida pelo Palácio Real da Arábia Saudita em 19 de março de 2020 mostra o rei Salman bin Abdulaziz falando ao país em um discurso televisionado sobre a pandemia do covid-19, na capital Riad.O rei Salman, da Arábia Saudita, de 84 anos, foi hospitalizado nesta segunda-feira (20/7) por causa de uma inflamação da vesícula, o que levou ao adiamento da visita do primeiro-ministro do Iraque, Mustafa Al Kazimi - anunciaram autoridades locais.

O reino informa apenas de maneira excepcional sobre o estado de saúde do monarca, responsável desde 2015 pelo país, primeiro exportador de petróleo bruto no mundo e a maior economia do mundo árabe.

"O rei foi internado no hospital especializado King Faisal, em Riade, para fazer exames, devido à inflamação da vesícula biliar (colecistite)", relatou seu gabinete, citado pela agência oficial de notícias SPA.

O primeiro-ministro iraquiano visitaria hoje a Arábia Saudita, antes de seguir para o Irã, dois aliados de Bagdá na região e entre os quais existe uma forte rivalidade.

"A visita [do primeiro-ministro iraquiano] foi adiada até a saída do rei do hospital", disse o ministro das Relações Exteriores da Arábia Saudita, Faysal bin Farhan, no Twitter.

Sob o reinado de Salman, a Arábia Saudita lançou reformas econômicas para a era pós-petróleo, mas também adotou uma política externa mais firme e entrou em guerra com o vizinho Iêmen.

Em 2017, a Arábia Saudita negou informações da imprensa de que o rei planejava abdicar em favor de seu filho, o príncipe herdeiro Mohamed bin Salman, considerado o líder de fato do reino.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação