Mundo

Trump admite envio de agentes federais a cidades

postado em 21/07/2020 04:06
Soldados utilizam gás lacrimogêneo para dispersar manifestantes, em Portland (Oregon)
Em declaração no Salão Oval da Casa Branca, o presidente Donald Trump admitiu que poderá ordenar o envio de agentes federais a Chicago, Nova York, Filadélfia e outras grandes cidades, com o objetivo de reprimir os protestos antirracismo deflagrados pelo assasssinato do afro-americano George Floyd, em 25 de maio, em Minneapolis (Minnesota). Ao ser questionado sobre relatos de que Washington teria mobilizado um contingente de 175 soldados para auxiliarem a polícia dessas metrópoles, Trump respondeu: ;Bem, depende de qual é a sua definição de ;tropa;. Quero dizer, estamos enviando agentes;.

De acordo com o site The Hill, o republicano citou o aumento da violência em Chicago e em Nova York ; em relação a esta última, Trump culpou autoridades municipais e estaduais por impedirem uma resposta mais incisiva da polícia. ;Eu vou fazer alguma coisa. Isso, eu posso dizer a vocês. Não deixaremos que Nova York, Chicago, Filadélfia, Detroit e Baltimore virem uma bagunça. Não deixaremos que isso ocorra em nosso país. Toda elas (cidades) dirigidas por democratas liberais;, criticou.

Supostos abusos cometidos por tropas federais em Portland, no estado de Oregon, causaram uma crise institucional. No domingo, o prefeito, Ted Wheeler, exigiu a retirada dos soldados, após acusá-los de adotarem táticas abusivas e inconstitucionais contra manifestantes. Ellen Rosenblum, procuradora-geral de Oregon, abriu um processo contra o governo Trump no qual denunciou violações de direitos civis e exigiu o respeito a protocolos mínimos de segurança.

O jornal The Oregonian publicou, ontem, que agentes federais monitoraram manifestantes do alto do prédio do tribunal de Justiça de Portland. Também analisaram vídeos noturnos e infiltraram agentes à paisana entre a multidão para deter pessoas acusadas de usarem feixes de laser contra os policiais e de vandalizarem as placas de compensado que protegem as portas do prédio onde funciona a Corte local.

No domingo, Trump escreveu, em seu perfil no Twitter, que a liderança da cidade ;perdeu, há meses, o controle dos anarquistas e agitadores; e que os agentes federais ;devem proteger a propriedade federal e o povo;. ;Os democratas radicais de esquerda, que totalmente controlam (Joe) Biden (adversário nas eleições de 3 de novembro), destruirão nosso país como o conhecemos. Coisas inimaginavelmente ruins aconteceriam aos EUA. Olhem para Portland, (;) com 50 dias de anarquia. Nós enviamos ajuda. Olhem para Nova York, Chicago, Filadélfia. Não!”, publicou. A governadora de Oregon, Kate Brown, também tem feito reiterados pedidos para que os agentes federais deixem Portland. Ela exortou a Trump a ;parar de brincar de política com as vidas dos povos;.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação