Mundo

Trump adverte que crise da covid-19 'vai piorar' antes de melhorar

Os Estados Unidos, país mais atingido do mundo pelo coronavírus em números absolutos, com mais de 141.000 mortes, sofre com um aumento das contaminações em estados do sul e do oeste

Agência France-Presse
postado em 21/07/2020 19:40
Os Estados Unidos, país mais atingido do mundo pelo coronavírus em números absolutos, com mais de 141.000 mortes, sofre com um aumento das contaminações em estados do sul e do oesteO presidente americano, Donald Trump, advertiu nesta terça-feira (21) que a epidemia do novo coronavírus "vai piorar" antes de melhorar, em mensagem na primeira coletiva de imprensa sobre a COVID-19 na Casa Branca desde meados de abril.

"Provavelmente e infelizmente vai piorar antes que haja uma melhora", disse Trump, antes de fazer um apelo aos americanos para que usem máscaras quando não for possível manter o distanciamento social.

"Usem uma máscara", pediu o presidente. "Vocês podem gostar ou não, mas elas têm um impacto".

Trump esclareceu não ter qualquer problema com o uso da máscara, embora nos últimos meses tenha evitado ser visto usando a proteção. O presidente usou a máscara pela primeira vez em um evento público em 11 de julho.

[SAIBAMAIS]Os Estados Unidos, país mais atingido do mundo pelo coronavírus em números absolutos, com mais de 141.000 mortes, sofre com um aumento das contaminações em estados do sul e do oeste.

"Como vocês sabem, temos visto nas últimas semanas um aumento preocupante de casos em alguns lugares do nosso sul", lamentou Trump.

Ao fim da coletiva, o presidente norte-americano prometeu que uma vacina contra a COVID-19 será lançada em breve.

"As vacinas estão a caminho e vão chegar muito antes do que se pensava ser possível", afirmou o republicano, que buscará a reeleição em novembro.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação