Mundo

British Airways deve demitir 270 pilotos após acordo sindical

A companhia aérea, subsidiária do grupo IAG, anunciou em abril que planejava demitir 12 mil pessoas, um quarto de sua equipe

Agência France-Presse
postado em 23/07/2020 11:37
Nesta foto de arquivo tirada em 3 de maio de 2019, uma aeronave de passageiros Boeing 747 da British Airways se prepara para pousar no aeroporto de Heathrow, a oeste de Londres.O sindicato de pilotos da British Airways anunciou um acordo com a diretoria da empresa que envolverá a demissão de 270 pilotos e uma redução de 20% nos salários.

O acordo ainda não foi aprovado pelos membros do sindicato Balpa (British Airline Pilots Association), que têm até 30 de julho para votar.

"Depois de quase três meses de negociações sobre a proposta da British Airways de demitir 1.255 pilotos e alterar os termos e condições contratuais (...) Balpa abriu consultas entre seus 4.300 pilotos", afirma um comunicado divulgado na quarta-feira (22/7).

A companhia aérea, subsidiária do grupo IAG, anunciou em abril que planejava demitir 12 mil pessoas, um quarto de sua equipe. No total, emprega 4.300 pilotos.

O acordo prevê trabalho em tempo parcial, demissões voluntárias, um grupo de pilotos de reserva com salários reduzidos, além de reduções salariais de 20%, que depois cairão para 8% e então serão anuladas.

"Apesar dessas medidas, os pilotos estão arrasados com a perspectiva de 270 demissões diretas", acrescentou o sindicato.

O transporte aéreo é um dos setores mais atingidos pela nova pandemia de coronavírus e pelas medidas de distanciamento, que subitamente interromperam os deslocamentos e, em particular, as viagens aéreas.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação