Mundo

Covid-19: Washington pagará US$ 2,1 bilhões para desenvolvimento de vacina

O pagamento da potencial vacina deve ser feito aos laboratórios Sanofi (francês) e GSK (britânico)

Agência France-Presse
postado em 31/07/2020 11:59
Nesta foto de arquivo tirada em 10 de julho de 2020 Uma foto mostra vacinas em seringas de uso único pré-cheias antes da fase de inspeção e embalagem no centro de distribuição mundial da empresa farmacêutica francesa Sanofi em Val de Reuil, França.Os laboratórios Sanofi e GSK receberão 2,1 bilhões de dólares do governo dos Estados Unidos para o desenvolvimento da vacina contra a covid-19, anunciaram os dois grupos.

A potencial vacina, desenvolvida em conjunto pela francesa Sanofi e a britânica GSK e que, segundo as previsões, deve estar pronta em 2021, foi selecionada pelo programa americano "Operation War Speed", que pretende garantir aos americanos acesso à vacina o mais rápido possível, indicou a Sanofi em um comunicado.

"O governo americano aportará 2,1 bilhões de dólares. Metade do valor servirá para apoiar o desenvolvimento da vacina, com os testes clínicos, e aumentar a capacidade de produção para chegar a 100 milhões de doses inicialmente", informaram as farmacêuticas.

Os recursos servirão, segundo o comunicado, "para ajudar a financiar o desenvolvimento de atividades, garantir a dimensão da produção da Sanofi e da GSK e suas capacidades de produção nos Estados Unidos (...) com um aumento significativo de sua capacidade".

Estados Unidos lideram a lista de países mais afetados pelo coronavírus, com mais de 150 mil mortos.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação