Mundo

União Europeia aprova criação de gigante ferroviário Alstom- Bombardier

O objetivo da criação do novo gigante ferroviário é competir com a chinesa CRRC, líder mundial do setor

Agência France-Presse
postado em 31/07/2020 13:49
A União Europeia aprovou a compra da empresa canadense Bombardier pela gigante francesa de trens Alstom sob certas condições, foi anunciado em 31 de julho de 2020.A Comissão Europeia autorizou sob condições, nesta sexta-feira (31/7), a compra por parte do francês Alstom do braço de transportes da canadense Bombardier, o que permitirá a criação do número dois mundial ferroviário.

A nova companhia emprega cerca de 76 mil funcionários e soma um volume de negócios de 15,5 bilhões de euros (18,3 bilhões de dólares). Seu objetivo é competir com a chinesa CRRC, líder mundial do setor.

"Graças ao conjunto completo de medidas corretivas aportadas para resolver os problemas de concorrência nos setores de trens de alta velocidade e da sinalização das grandes linhas, a operação pôde ser examinada e autorizada rapidamente", afirmou a vice-presidente do Executivo europeu, Margrethe Vestager, citada em um comunicado.

O grupo francês notificou Bruxelas em meados de junho sobre o projeto de compra de seu concorrente Bombardier Transport por 6 bilhões de euros (7 bilhões de dólares).

A ameaça da competição chinesa já havia sido apontada como justificativa para a compra de Alstom pelo alemão Siemens, mas esta operação foi bloqueada em fevereiro de 2019 pela Comissão.

Bruxelas temia uma posição excessivamente dominante na Europa na sinalização ferroviária e nos trens de alta velocidade.

Com sede em Berlim, a Bombardier Transport registrou em 2019 um volume de negócios de 8,3 bilhões de dólares (7 bilhões de euros).

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação