Mundo

Começa a votação antecipada para eleição presidencial de Belarus

De acordo com a Comissão Eleitoral, 5.767 locais de votação foram abertos na ex-república soviética de 9,4 milhões de habitantes para as pessoas que não poderão comparecer às urnas no domingo

Agência France-Presse
postado em 04/08/2020 09:45
O presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko, entrega seu discurso anual ao país e aos legisladores em Minsk em 4 de agosto de 2020.A votação antecipada começou nesta terça-feira (4/5) em Belarus para a eleição presidencial de domingo, na qual o chefe de Estado Alexander Lukashenko enfrenta uma inesperada concorrência de uma opositora que era desconhecia há alguns meses.

A campanha é marcada por comício com uma participação histórica em apoio a Svetlana Tikhanovskaya, de 37 anos, principal rival de Lukashenko, de 65 anos, que busca o sexto mandato e pretende discursar à nação nesta terça-feira.

De acordo com a Comissão Eleitoral, 5.767 locais de votação foram abertos na ex-república soviética de 9,4 milhões de habitantes para as pessoas que não poderão comparecer às urnas no domingo.

A oposição e muitos analistas independentes temem que a votação antecipada resulte em fraudes. Por este motivo, Svetlana Tikhanovskaya pediu a seus partidários que votem apenas no domingo, de preferência no fim do horário para evitar manipulações.

Também aconselhou os apoiadores a utilizar uma pulseira branca durante a votação para facilitar a recontagem dos votos.

Esta dona de casa de 37 anos entrou na campanha depois que seu marido, Serguei Tikhanosvki, um famoso blogueiro, foi detido em maio após decidir desafiar Lukashenko nas urnas.

A Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) não estará presente para fiscalizar a votação, pela primeira vez em uma eleição nacional em Belarus desde 2001, já que não recebeu o convite oficial a tempo.

Os resultados das últimas quatro eleições não foram reconhecidos como equitativos pelos observadores da OSCE.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação