Publicidade

Correio Braziliense

Se você não tentar realizar seus sonhos, quem vai?

Gerencie sua vida com estratégias de planejamento e saiba a melhor forma de arrecadar o dinheiro necessário

Apresentado por

Bancobrás

postado em 09/07/2018 17:19 / atualizado em 05/09/2018 15:18

 

Onde você pretende estar daqui 10 anos? Viajando o mundo, com uma casa própria, em um cargo de gerência ou até mesmo com a própria empresa, um carro zero na garagem, com uma família e um cachorro… Seja o que for que você visualiza nas linhas do seu futuro, são inúmeros os meios para se chegar lá e nunca é tarde para começar. Existem muitas táticas de administração, economia, marketing e contabilidade que se encaixam no posto de ‘alma do negócio’ ou ‘segredo do sucesso’ e as dicas e metodologias para atingir objetivos de vida podem ser encontradas desde tutoriais na internet até livros de autoajuda, palestras com milionários e serviços de coaching, mas o que todas elas possuem em comum é, definitivamente, a necessidade de fazer um planejamento.
Realizar um sonho passa pelos mesmos procedimentos de um trabalho acadêmico ou de um sistema de GPS: o primeiro passo é saber onde você está e para onde está indo, depois escolher um caminho e, por fim, seguir as direções traçadas. É preciso colocar tudo que se pretende atingir no papel, identificar quais são os recursos disponíveis e as melhores formas de utilização, fazer um passo a passo da melhor opção e, então, definir metas. Assim, fica mais fácil aproveitar oportunidades e reduzir a auto-sabotagem, pois sabendo exatamente o que precisa ser feito e em quanto tempo, a situação fica mais palpável, próxima da realidade, o que aumenta a determinação e reduz a procrastinação.

Confira a seguir o passo a passo para fazer um plano de vida:

Definição de prioridades: nos dias de hoje, o acesso a uma grande variedade de conteúdos e cursos pode gerar uma ampla gama de interesses pessoais, cada um com suas aspirações. Mas atingir um objetivo exige foco e direcionamento, então é preciso entender quais são as áreas mais importantes para você. O ideal é que um plano de vida trabalhe com no máximo oito delas. Uma dica para entender melhor essa situação é fazer uma lista de características com as quais você mais se identifica, por exemplo “engenheiro”, “pintor de quadros”, “músico”, “pai”, “piloto de corrida”, “praticante de crossfit”, “gerente”... E em seguida uma lista de como você se vê em 10 anos.

 

  • Identificação de motivações: permanecer focado por longos períodos em um objetivo é cansativo e exige força de vontade. Para se manter motivado durante todo o processo, não basta saber onde quer chegar, mas também o porquê. Entender a razão dos seus desejos e de algo lhe fazer feliz é essencial para você continuar firme até mesmo nos dias mais difíceis. 
  • Levantamento de necessidades: com objetivos traçados em mãos, é preciso listar quais são os obstáculos a serem superados e as conquistas necessárias para atingir cada um deles. Por exemplo, para ser um músico profissional, é preciso escolher um instrumento, fazer um curso básico, treinar várias horas por dia, se tornar conhecido e começar a receber dinheiro para tocar. Essa é uma fase que talvez exija um pouco de pesquisa, para compreender exatamente o que você precisa.
  • Planejamento de metas: agora é a hora de determinar onde, como e em quanto tempo vai cumprir com cada item da lista anterior. Ainda seguindo o exemplo de músico profissional, para conseguir um instrumento você pode economizar R$200 por mês durante um semestre, vender objetos que não usa mais para um bazar, fazer uma rifa, ou ir atrás de uma organização social que forneça esse material. São inúmeros os caminhos e você deve achar aquele que se encaixa melhor na sua situação atual e na sua rotina.
  • Cumprimento de prazos: com tudo delineado da forma mais detalhada possível, agora basta se concentrar no dia a dia, prestando atenção para evitar decisões que possam atrapalhar ou adiar o cumprimento das suas metas. Se vai economizar R$200 no mês, melhor evitar aquele rodízio de sushi ou uma viagem de feriado.

Sonhos como abrir uma empresa, ser atleta e ganhar campeonatos mundiais, lutar por uma causa social ou viver da própria arte são tarefas árduas, que dependem só da sua própria capacidade e exigem muita determinação, coragem e força de vontade para lidar com projetos a longo prazo. No entanto, se o que você deseja é um bem material, como uma casa própria ou um carro zero, sua principal necessidade é um grande montante de dinheiro e conhecer meios alternativos de arrecadação podem reduzir bastante o seu tempo de espera. Uma das formas mais consolidadas e eficientes do mercado, que permite acesso ao valor total sem juros, é participar de um consórcio.

Como funciona um consórcio?

É uma modalidade de crédito para aquisição de bens, em que pessoas se reúnem em uma poupança conjunta de autofinanciamento, sem juros. É ideal para quem deseja um móvel ou um imóvel e não está com pressa para comprar. Funciona assim: o consorciado escolhe um grupo de financiamento a partir do valor que deseja arrecadar e do tempo de duração; e em seguida adquire uma cota, ou seja, um número de identificação que funciona como bilhete de entrada e o caracteriza como participante daquele grupo.
O valor escolhido é parcelado mensalmente até o prazo final do plano e o conjunto de parcelas pagas por todos os membros do grupo formam o saldo de caixa para contemplar todos os participantes. Todo mês, é realizada uma assembléia e a escolha por um dos consorciados para receber o valor é feita através de sorteio da Loteria Federal ou por lance: os interessados oferecem adiantamento das suas parcelas do plano pelo benefício e o maior valor é contemplado. Assim, a cota contemplada recebe uma carta que equivale ao valor à vista, e que pode ser usada para a compra de um veículo, uma casa ou um apartamento, de acordo com o tipo de consórcio adquirido. Após a aquisição do bem, as parcelas remanescentes devem ser pagas normalmente até a quitação, mas claro que as que foram adiantadas pelo lance já são contabilizadas, o que significa uma redução no tempo de consórcio.
Se você tiver sorte, pode conseguir o valor necessário em um tempo ínfimo e sem a necessidade de pagamento de juros, o que facilita bastante o pagamento do valor total. Para adquirir uma cota, basta procurar uma administradora de consórcios autorizada pelo Banco Central do Brasil e verificar os planos disponíveis. Uma das maiores empresas desse mercado é a Bancorbrás, que se destaca por ter um pronto-atendimento personalizado: uma equipe de executivos de vendas constantemente capacitada para acompanhamento integral de cada cliente em todas as fases do plano, desde a contratação até a entrega do produto final, qualificada para esclarecer dúvidas de maneira didática e orientar os clientes para a contratação de melhor custo-benefício.

 
 

Seus sonhos através de uma única empresa  

Há 35 anos, a Bancorbrás surgiu em Brasília como Sociedade Civil Sem Fins Lucrativos, para atender necessidades financeiras dos funcionários do Banco do Brasil e do Banco Central, que abriu suas portas para o público externo e hoje atua como Grupo Empresarial Bancorbrás, constituído por: Corretora de Seguros Bancorbrás; Administradora de Consórcios Bancorbrás; Clube de Turismo Bancorbrás; e Agência de Viagens e Operadora de Turismo Bancorbrás. Ou seja, em uma mesma empresa, é possível realizar consórcios, contratar seguros, comprar títulos de hospedagem em hotéis e planejar pacotes de viagem completos, privados ou para grupos; com passagens aéreas; traslados; cruzeiros marítimos e fluviais; locação de veículos; passeios e entradas para shows.
A empresa já ultrapassou a marca de 100.000 clientes, possui 4 lojas na capital e filiais em oito estados do Brasil: Anápolis/GO, Belo Horizonte/MG, Fortaleza/CE, Goiânia/GO, João Pessoa/PB, Porto Alegre/RS, Ribeirão Preto/SP e Rio de Janeiro/R. Além disso, em 2008 foi criada a Associação Bancorbrás de Responsabilidade Social, também denominada Instituto Bancorbrás, reconhecida pelo Ministério da Justiça, assim como pela Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), para apoiar o desenvolvimento educacional e esportivo, a capacitação profissional de jovens e a realização de ações que promovam o voluntariado e o desenvolvimento sustentável.
Recapitulando, realizar um sonho de vida é possível sim! Mas é preciso planejamento, saber onde quer chegar e traçar metas bem definidas. Objetivos de desenvolvimento pessoal exigem dedicação, esforço e muita força de vontade para cumprir com o planejado. Enquanto isso, bens materiais exigem apenas um bom planejamento financeiro e as áreas de atuação da Bancorbrás são bem estratégicas quando o assunto é investimento para realização de sonhos. É uma empresa que pode te ajudar a conquistar a casa própria, o carro zero ou a viagem para aquele lugar que você sempre quis conhecer, tudo com o seguro mais completo. E de quebra, parte do dinheiro que você deixa no grupo empresarial é utilizado para financiar projetos sociais. 

Serviço Bancorbrás:

Clube de Turismo:
Capitais e regiões metropolitanas: 3004 1516
Demais localidades: 0800 814 1516 
E-mail: atendimento.turismo@bancorbras.com.br
Agência de Viagens:
Regiões metropolitanas: 3004 9912 
Demais localidades: 0800 729 9912 
E-mail: agencia.bancorbras@bancorbras.com.br
Consórcios:
Tel.: 0800 726 8484 
E-mail: consorcio@bancorbras.com.br
Seguros:
Tel.: 0800 7070 020
E-mail: seguros@bancorbras.com.br
Instituto:
Tel.: (61) 3314 7307 / 7049
E-mail: instituto@bancorbras.com.br
 

 


 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade