Correio Braziliense

CNP 2020: Um Carnaval em outro patamar

Com mais de 50 atrações em um line-up eclético, o Carnaval no Parque proporciona todo o conforto para os foliões, que dispõem de estrutura coberta, 15 opções de gastronomia e bar com 100% de acessibilidade


postado em 28/02/2020 12:46 / atualizado em 02/03/2020 13:54

Carnaval no Parque reforça seu compromisso com sustentabilidade, acessibilidade e diversidade nesta edição.(foto: R2 Produções / Carnaval no Parque)
Carnaval no Parque reforça seu compromisso com sustentabilidade, acessibilidade e diversidade nesta edição. (foto: R2 Produções / Carnaval no Parque)
 
Sabe aquela história de que Brasília se resume a política, arquitetura modernista e nada mais? Pois isso é conversa fiada. A capital do país também é sinônimo de folia, e das boas. O melhor exemplo disso é o Carnaval no Parque, que, além dos dias tradicionais da festa, também teve pré e pós. Em uma gigantesca estrutura no estacionamento do Ginásio Nilson Nelson, a 4ª edição do evento elevou o carnaval de Brasília a outro patamar, trazendo foliões de todo o Brasil para curtir uma programação eclética que inclui axé, sertanejo, forró, funk, samba e eletrônico.
 
Desde a entrada, com recepcionistas bem treinados e simpáticos, passando pela estrutura coberta, gastronomia variada e bebidas sempre geladas, o Carnaval no Parque proporcionaram todo o conforto para os visitantes. Não à toa, o evento recebeu foliões não só de Brasília, mas também de outras cidades do país.
 
Carnaval no Parque oferece gastronomia variada e bebidas sempre geladas aos visitantes.(foto: R2 Produções / Carnaval no Parque)
Carnaval no Parque oferece gastronomia variada e bebidas sempre geladas aos visitantes. (foto: R2 Produções / Carnaval no Parque)
 
É o caso do designer de moda Rodolfo Rodrigo, paranaense que mora em Goiânia. “Recebi o convite dos meus amigos e, quando vi o que era o evento, a programação de shows, a estrutura, pensei assim: é um destino próximo e de uma vibe e de uma proporção muito legais. Então, foi a minha escolha para o carnaval”, explicou o folião.
 
Rodrigo aproveitou uma das grandes novidades do Carnaval no Parque: o Camarote Skol Puro Malte, um espaço reservado que prolongava a folia até o sol nascer. Área coberta com entrada, bares, banheiros e espaço gastronômico exclusivos foram alguns dos mimos do Camarote, que ofereceu ainda serviços de spa e beleza. “Confesso que fiquei com um pé atrás ao ser chamado para o carnaval em Brasília, uma cidade de política, business. Mas, quando vi o evento, a proporção, a grade, a comunicação, eu me surpreendi. Ontem, eu fiquei até o amanhecer e hoje vou ficar novamente", afirmou. O passaporte do Camarote dá acesso ao after, com programação especial das 2h às 6h.
 
Edição de 2020 tem estrutura coberta, 15 opções de gastronomia, bar 100% acessível e mais horas de festa.(foto: R2 Produções / Carnaval no Parque)
Edição de 2020 tem estrutura coberta, 15 opções de gastronomia, bar 100% acessível e mais horas de festa. (foto: R2 Produções / Carnaval no Parque)
 
O sócio e diretor da R2 Produções, Bruno Sartório, idealizador do evento, explica que o Carnaval de Brasília vem crescendo muito. “Além de atender o público do DF, é uma ótima oportunidade de convidar foliões de fora da cidade. Quem opta pelo Camarote no Carnaval no Parque tem mais horas de festa, mais conforto e um local privilegiado para se divertir com os amigos”, detalha.
 
Além do Camarote Skol Puro Malte, os oito dias de folia do Carnaval no Parque contaram com uma área gastronômica de mais de 2.500 m² para atender o público. Foram mais de 15 opções que valorizaram as marcas tradicionais da capital e diversificaram o paladar dos foliões. Assim como em 2019, o Carnaval no Parque tem os queridos do público brasiliense: Dom Bosco, Espetinho Nota 10, Katia Baleria, Pastel Mix e Vai Bem. O Giraffas retornou nesta edição e se juntou aos recém-chegados Banzai Sushi, Croasonho, Churros Fecherri, Dog da Igrejinha, Dr Crepe, Vila Cinco e Villarejo Café.
 
As criações exclusivas tiveram destaque na área gastronômica. Neste ano, o Ricco criou o Burger Eu que Lute, composto por dois burgers smash BF, queijo cheddar empanado, maionese trufada e cebola caramelizada na catuaba. Para completar, o folião pôde se deliciar com o Shake Eu que Lute, com sorvete Vai Bem Fiori di Latti batido com cupuaçu, calda de açaí e bombom de tapioca. Na Vai Bem, além dos tradicionais sabores, a marca inovou com picolés de maracujá com leite condensado inspirados no mood Carnaval no Parque. O Dog da Igrejinha preparou uma versão especial CNP, o Dog da Folia, de frango na chapa.
 
Servido exclusivamente no buffet do Camarote Skol Puro Malte e criado especialmente para o Carnaval no Parque, o sanduíche de pernil do Vila Cinco tem minipão francês, lombo suíno marinado com abacaxi e especiarias do chefe. O restaurante tem tradição com esse tipo de iniciativa: desenvolveu prato inspirado no Na Praia, que, de tanto sucesso durante o festival, entrou para seu cardápio oficial.
 
Ver galeria . 4 Fotos É o Tchan agita o Carnaval no Parque 2020.R2 Produções / Carnaval no Parque
É o Tchan agita o Carnaval no Parque 2020. (foto: R2 Produções / Carnaval no Parque )

Tudo no Carnaval no Parque foi pensado para deixar o público à vontade e animado para vibrar com um line-up de peso, que incluiu Saulo, Harmonia do Samba, Banda Eva, Bell, Shevchenko, Safadão, Dennis DJ, Zé Neto & Cristiano, Gusttavo Lima, Jerry Smith, Kevinho, Heavy Baile, Cat Dealers, Vintage Culture, Latino, É o Tchan e Yuri Martins. Para encerrar a folia, o sertanejo de Jorge & Mateus foi a atração do último sábado (29/02).
 
Lixo Zero
 
Assim como em outras edições, o Carnaval no Parque reforçou o compromisso com sustentabilidade, acessibilidade e diversidade. O único Carnaval “Lixo Zero” do mundo, certificado pelo Instituto Lixo Zero Brasil, representante da Zero Waste International Alliance, seguiu sua jornada, preparado para operar em 2020 com uma taxa de 95% de reaproveitamento de resíduos.
 
Carnaval Social
 
O Carnaval no Parque manteve a tradição da meia-entrada social, com ingresso vendido pela metade do preço mediante a doação de alimentos não-perecíveis. As arrecadações serão destinadas ao Mesa Brasil-SESC, programa nacional de bancos de alimentos contra a fome e o desperdício. Somente na edição 2019, o evento arrecadou e doou 43 toneladas de alimentos, que beneficiaram mais de 64 mil pessoas de 217 instituições sociais no Distrito Federal.
 
Acessibilidade
 
O Carnaval no Parque contará com ampla infraestrutura de rampas, corrimãos, balcões rebaixados, vagas reservadas, área reservadas, mapa tátil, cardápios adaptados para pessoas com deficiência e tradução em libras dos shows principais.(foto: R2 Produções / Carnaval no Parque)
O Carnaval no Parque contará com ampla infraestrutura de rampas, corrimãos, balcões rebaixados, vagas reservadas, área reservadas, mapa tátil, cardápios adaptados para pessoas com deficiência e tradução em libras dos shows principais. (foto: R2 Produções / Carnaval no Parque)
 
O evento de grande porte mais acessível da América Latina dobrou a experiência de oferecer um bar 100% acessível com rampa em todo o perímetro, balcão rebaixado, cardápio em braile, monitor com cardápio em libras e mapa tátil do evento, localização privilegiada para PNE, além de uma equipe de suporte amplamente treinada para atender o público.
 
Ver galeria . 10 Fotos Carnaval no Parque surpreende foliões com novas experiências.R2 Produções / Carnaval no Parque
Carnaval no Parque surpreende foliões com novas experiências. (foto: R2 Produções / Carnaval no Parque )


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade