Publicidade

Correio Braziliense

Operadoras de TV por assinatura cortam sinal de emissoras abertas no DF

Desligamento do sinal analógico de TV e impasse entre emissoras e operadoras são a causa do problema


postado em 28/03/2017 13:45

Essas três emissoras representam quase 20% de toda a audiência da TV por assinatura no Brasil(foto: Divulgação)
Essas três emissoras representam quase 20% de toda a audiência da TV por assinatura no Brasil (foto: Divulgação)
Telespectadores do Distrito Federal foram surpreendidos com a suspensão do sinal de três emissoras de TV da grade de canais da “Sky” e “Net”. Os clientes dessas operadoras de TV por assinatura reclamam que ficaram sem o sinal do SBT, Record TV e Rede TV na segunda-feira (27/3). No lugar dos canais, aparece um aviso, informando que por falta de acordo com as emissoras, o sinal não será mais transmitido para os assinantes. O problema também atinge moradores da cidade de Rio Verde, em Goiás e deve afetar São Paulo nesta quarta-feira (29), com o desligamento do sinal analógico.
 
Essas três emissoras representam quase 20% de toda a audiência da TV por assinatura no Brasil. As emissoras querem que as operadoras paguem pela retransmissão do sinal, o que já ocorre com outras emissoras que estão na grade de programação. As emissoras esperam faturar entre R$ 500 milhões e R$ 3,5 bilhões ao ano com a negociação da liberação do sinal. 
 
Até o momento não existe um acordo e os clientes de todas as cidades do DF e Entorno já estão sem poder assistir a esses canais(foto: Ana Dubeux/C.B. D.A Press)
Até o momento não existe um acordo e os clientes de todas as cidades do DF e Entorno já estão sem poder assistir a esses canais (foto: Ana Dubeux/C.B. D.A Press)
 
 
No entanto, até o momento não existe um acordo e os clientes de todas as cidades do DF e Entorno já estão sem poder assistir a esses canais. O técnico de manutenção Cesar Midorikawa, de 27 anos, morador de Samambaia, percebeu que o sinal do SBT saiu do ar durante o dia de ontem. “Eu fui tentar assistir e percebi que não estava mais pegando o sinal. Minha esposa sempre assiste para ver os telejornais e novelas. Hoje eu liguei pra ela e fui informado que a Rede TV e a Record TV não estão pegando também. Pagamos uma mensalidade cara e ainda retiram canais”, ressalta Cesar.
 
Em nota, a Associação Brasileira de TVs por Assinatura afirma que a Lei 12.485 de 2011, que prevê a obrigatoriedade de se disponibilizar o sinal de emissoras abertas nas operadoras de TV por assinatura, só vale para o sinal analógico. De acordo com a associação, no caso da TV digital, a retransmissão depende do envio do sinal por cada emissora e que agora as TVs abertas querem cobrar para autorizar essa retransmissão. A cobrança, que pode encarecer a mensalidade, teria sido rejeitada pelas operadoras.

Os canais continuam liberados, gratuitos e no ar 24 horas por dia na TV aberta com sinal digital no DF, Rio Verde e demais regiões. O sinal analógico será desligado em São Paulo nesta quarta-feira (29/3). Com isso, os clientes de televisão fechada também podem ficar sem o sinal dessas emissoras na maior cidade do país.  
 
Em nota, a Sky informou que "com o encerramento do sinal analógico, e em cumprimento à lei, a exibição dos canais abertos digitais depende de autorização de cada emissora. Record, SBT e Rede TV! não autorizaram a SKY a transmitir seus sinais nessas regiões. O desligamento do sinal acontecerá em algumas cidades do estado de São Paulo a partir de 29/03, seguindo cronograma nacional de digitalização que se estenderá até 2018". A operadora afirma que está mobilizada para orientar os clientes sobre as formas de como continuar tendo acesso aos canais retirados da grade de programação. De acordo com a Sky, as emissoras querem repassar o custo da cobrança de sinal para os assinantes. A Net ainda não se pronunciou sobre o caso.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade