Publicidade

Correio Braziliense

Aparecido pede exoneração e volta ao TCU

 


postado em 14/05/2008 19:49 / atualizado em 14/05/2008 20:01

O secretário de Controle Interno da Presidência da República, José Aparecido Nunes Pires, pediu exoneração do cargo na tarde desta quarta-feira. A informação foi confirmada ao Correio pela Casa Civil e por seu advogado, Luiz Maximiliano Telesca. José Aparecido voltará para o Tribunal de Contas da União (TCU). Ele repassou por e-mail no dia 20 de fevereiro deste ano o dossiê com gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso a André Fernandes, assessor do senador Álvaro Dias (PSDB-PR). Depois de passar dias sem contato, Aparecido não só pediu demissão como avisou que vai depor na próxima terça-feira à CPI mista dos Cartões. Fernandes vai falar aos parlamentares no mesmo dia. O assessor de Álvaro Dias já depôs à Polícia Federal. José Aparecido deve comparecer à polícia nesta quinta-feira.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade