Publicidade

Correio Braziliense

Votação da CSS é adiada mais uma vez

 


postado em 04/06/2008 21:22 / atualizado em 05/06/2008 09:04

Mais uma vez a votação da polêmica criação da Contribuição Social para a Saúde (CSS), que deverá substituir a extinta Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), foi adiada. Pouco antes das 21h desta quarta-feira, o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), encerrou a sessão, após um pedido de vista. O adiamento da votação ocorreu após o deputado Rafael Guerra (PSDB-MG), presidente da Frente Parlamentar da Saúde, ter pedido um prazo maior para analisar emendas apresentadas em plenário ao Projeto de Lei Complementar 306/08, que regulamenta os gastos mínimos com a saúde previstos na Emenda 29. De acordo com o regimento da Câmara dos Deputados, nessas ocasiões deve-se conceder uma semana de prazo. Ou seja, possivelmente a votação acontecerá na próxima terça-feira. Além de presidente da Frente Parlamentar, Guerra também é o relator do projeto na Comissão de Seguridade Social e Família. Ele é contra a proposta do governo de criar a CSS. CONFIRA A ÍNTEGRA DO RELATÓRIO DE PEPE VARGAS

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade