Publicidade

Correio Braziliense

Marta crê em reversão de condenação por precatórios

 


postado em 02/07/2008 22:03 / atualizado em 02/07/2008 22:04

A ex-ministra e candidata do PT à Prefeitura de São Paulo, Marta Suplicy, mostrou-se confiante na reversão da condenação, em primeira instância, em que é acusada de descumprir ordem judicial para pagamento de precatórios alimentares no período em que foi prefeita da Capital (entre 2001 e 2004). Marta disse que pagou os precatórios alimentares na medida que era possível, considerando a situação de "endividamento gigantesco" em que recebeu a administração municipal. Segundo a petista, o antecessor Celso Pitta não realizou nenhum pagamento de precatórios e por isso a Prefeitura ficou com uma conta alta para pagar. "Qualquer juiz que for analisar que Prefeitura, na situação de penúria em que estava, recebendo precatórios de quatro anos da gestão anterior, conseguiu pagar R$ 800 milhões, sendo R$ 200 milhões de alimentares, eu acho que vai ter essa percepção e essa consideração", argumentou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade