Publicidade

Correio Braziliense

Eleitos aos 90 e aos 17 anos

 


postado em 09/10/2008 09:56 / atualizado em 09/10/2008 10:02

A idade avançada não impede que Susumo Itimura (PSDB), prefeito da pequena Uraí (PR), de apenas 11 mil habitantes, mantenha uma rígida rotina. Aos 90 anos, o prefeito mais velho eleito no último domingo chega todos os dias à sede do governo às 7h30 e só vai embora depois das 22h.“Só saio conforme termina o serviço” , disse Itimura, que emplacou o quinto mandato. Ele garante que tem pique para comandar o município pelos próximos quatro anos. “Eu dou conta do recado. Gosto de trabalhar e tenho experiência”, afirmou, sem falsa modéstia. O prefeito reeleito tem planos para vários setores em sua nova gestão. Quer melhorar a saúde, a educação, a agricultura e, ainda, montar mais fábricas na cidade. Japonês naturalizado brasileiro, ele chegou ao Brasil com pouco mais de um ano de idade. Há 62 anos, casou-se com uma também japonesa. Entre namoro e casamento, passaram-se apenas seis meses. “Meu pai arranjou tudo”, relatou. O casal tem seis filhos, quatro netos e seis bisnetos. Quando não está trabalhando na prefeitura, Itimura ainda cuida da fazenda, onde planta arroz, café, trigo e soja. O prefeito foi condenado a devolver dinheiro aos cofres públicos por supostas irregularidades no uso de verbas repassadas pelo governo do Paraná para a realização de jogos escolares na cidade, em 2007. O advogado dele, Fernando Navarro Vince, disse que a condenação, em primeira instância, é injusta. “Respeitamos a decisão, mas não concordamos. O dinheiro foi totalmente aplicado nos jogos”, argumentou. O prefeito mais jovem é Caio Vellasco de Castro Curado (PMDB), 20 anos, de Faina (GO). Disposição Já o vereador mais novo tem apenas 17 anos. O petista Renan Medeiro Venceslau vai ocupar uma das nove cadeiras da Câmara Municipal da minúscula Aspásia (SP), que tem apenas 1.790 habitantes e 1.581 eleitores. Ele atingirá a idade mínima para assumir o cargo somente em dezembro deste ano, quando fará aniversário. Venceslau ainda está no terceiro ano do ensino médio e não decidiu nem mesmo que carreira vai seguir. “Não sei se vou fazer direito ou educação física”, relatou. “Não tenho a experiência dos outros mais velhos, mas pessoas capacitadas vão me apoiar. Disposição é o que não vai faltar”, garantiu. O vereador mais velho é Antonio Ferreira da Silva (PSDB), de 89 anos, de Cedro (CE). O prefeito de Uruaí e o vereador de Aspásia fazem parte de uma minoria. Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), somente 205 candidatos a prefeito com mais de 65 anos foram eleitos no primeiro turno, o que representa 3,72% do total. A maioria dos eleitos (37,43%) tem entre 46 e 55 anos — 2.064 ao todo. Entre os vereadores, somente 1.808 jovens com até 25 anos (3,48%) foram eleitos. A maioria dos vereadores (38,16%) tem entre 36 e 45 anos. São 19.806 eleitos ao todo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade