Publicidade

Correio Braziliense

Tarso defende refúgio político a Battisti

 


postado em 11/03/2009 16:48 / atualizado em 11/03/2009 16:49

O ministro da Justiça, Tarso Genro, defendeu hoje a concessão de refúgio político a Cesare Battisti. O italiano é condenado na Itália por quatro assassinatos cometidos na década de 70. Battisti --que recebeu status de refugiado em janeiro-- nega os crimes. Tarso terá de explicar amanhã a decisão de conceder refúgio a Battisti na Comissão de Relações Exteriores do Senado. "Também vou poder comentar alguns fatos referentes ao processo [no Senado]." O ministro disse hoje que Battisti não seria condenado se tivesse direito a novo julgamento. "Hoje, qualquer juiz absolveria Battisti por insuficiência de provas porque o elemento fundamental da sua condenação vem da palavra de um corréu que negociou a delação premiada enquanto ele estava fora do país." A Itália recorreu da decisão de Tarso ao STF (Supremo Tribunal Federal), que analisará o pedido de extradição de Battisti. Tarso disse que a decisão do Supremo deve ser respeitada.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade