Publicidade

Correio Braziliense

Aguinaldo Timóteo canta em velório de Clodovil

 


postado em 18/03/2009 16:14 / atualizado em 18/03/2009 16:15

O vereador Aguinaldo Timóteo (PR-SP) fez uma homenagem ao deputado federal, estilista e apresentador Clodovil Hernandes e cantou Noites Traiçoeiras durante o velório no hall monumental da Assembleia Legislativa paulista. Agnaldo surpreendeu a sala lotada ao entoar "E ainda se vier, noites traiçoeiras. Se a cruz pesada for, Jesus estará contido", música de autoria do padre Marcelo Rossi. O velório teve início por volta das 12h e o salão permaneceu lotado no início da tarde. O corpo de Clodovil foi vestido com um terno branco e gravata borboleta azul para as homenagens de populares, amigos e políticos. Antes da chegada do corpo do estilista e apresentador, uma fila já se formava na porta da Assembleia. Os primeiros eram Sidney Vieira, 22 anos, promotor de vendas, e Fernando Sousa, 19 anos, operador de telemarketing. Eles chegaram ontem, por volta das 22h, pensando que o velório seria realizado na mesma noite da morte. Como vieram de Diadema, perderam o ônibus para voltar e tiveram de passar a noite entre as imediações da Assembleia e o Parque do Ibirapuera, localizado à frente da Casa Legislativa. "Sou fã dele, minha tia trabalhou com ele e dizia que Clodovil era um amor de pessoa. Ele é ícone para a gente", afirmou Sidney, que perdeu um dia de trabalho para se despedir do estilista. O vice-prefeito de São Bernardo e colega de Clodovil na Câmara, Frank Aguiar (PTB), foi ao velório para homenagear o estilista. "Fica na nossa memória a personalidade forte de Clodovil, de quem fala o que quer, doa a quem doer", pontuou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade