Publicidade

Correio Braziliense

TRE-SP rejeita prestação de contas do PSB de 2003

 


postado em 20/03/2009 15:35 / atualizado em 20/03/2009 15:36

Os juízes do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de São Paulo rejeitaram nesta quinta-feira a prestação de contas do diretório paulista do PSB referente a 2003. Com isso, fica suspenso o repasse de novas cotas do fundo partidário à legenda. Segundo o tribunal, a desaprovação das contas se deu por diversas irregularidades, dentre elas a falta de documentação que comprovasse o recebimento de R$ 104.888,87 em contribuições feitas pelos filiados --o que corresponde a 34% de toda a arrecadação do PSB naquele ano. Além disso, conforme o TRE, o partido ultrapassou o limite de 20% permitido por lei para gastos de pessoal com recursos do fundo partidário.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade