Publicidade

Correio Braziliense CONFUSÃO

Senadora retida pela imigração em Roma


postado em 03/09/2009 22:30

A senadora licenciada Patrícia Saboya (PDT-CE) foi retida ao desembarcar no aeroporto Fiumicino, em Roma, após passar pela alfândega. Ela contou por telefone a jornalistas que a confusão teve início durante o voo que saiu de Fortaleza para a capital italiana. Na viagem, a acompanhante da senadora, que tem rinite alérgica, espirrou três vezes.

Um dos passageiros ficou incomodado e, aos gritos, pediu que ela fosse retirada da aeronave. Os comissários conseguiram controlar o tumulto e, segundo a senadora, o voo prosseguiu.

Ao desembarcar, ela e a acompanhante foram abordadas pela polícia de imigração e chamadas para uma revista nas bagagens.

Pelos menos dez policiais cercaram as duas. A senadora tentou argumentar que era parlamentar, mas foi informada que por lá apenas embaixadores têm tratamento diferenciado.

Patrícia acionou a embaixada brasileira, mas sem conseguir uma assistência imediata, acabou fazendo o que classificou de “barraco”. A senadora relatou que começou a gritar para constranger os policiais. A estratégia funcionou. Ela e a amiga foram liberadas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade