Publicidade

Correio Braziliense

Senadores lamentam a morte de ex-senador Geraldo Mesquita, pai de Geraldo Mesquita Júnior


postado em 14/09/2009 16:34

O senador Mão Santa, ao presidir os trabalhos na tarde desta segunda-feira (14), apresentou requerimento de pesar pela morte do ex-senador Geraldo Gurgel Mesquita, pai do senador Geraldo Mesquita Júnior (PMDB-AC). Ele faleceu na última sexta-feira, em Brasília, aos 90 anos. O requerimento lembra que Geraldo Mesquita, além de senador, foi deputado federal e governador do Acre, tendo sido um dos políticos de maior destaque de seu estado. Apelidado de "Barão", ele lutou pela autonomia do território no início da década de 60. "Era definitivamente um homem amazônida. Era idealista. Lutou pelo equilíbrio ambiental e social. Defendeu um Acre extrativista, modernizado e sustentável", disse Mão Santa no texto. Os senadores Papaléo Paes (PSDB-AP) e Paulo Paim (PT-RS) manifestaram sua solidariedade à família do ex-senador e seu apreço ao colega Geraldo Mesquita Júnior.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade