Publicidade

Correio Braziliense

Sarney elogia indicação de Toffoli para STF


postado em 17/09/2009 20:48 / atualizado em 17/09/2009 20:51

A indicação do advogado-geral da União, José Antonio Dias Toffoli, para ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) feita pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi elogiada por lideranças políticas do Senado, onde ele será sabatinado para então ser empossado no cargo. O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), foi um dos que aprovou a indicação.

%u201CAcho que é uma grande escolha. Trata-se de um jurista competente, de um homem que tem desempenhado funções públicas de relevância e que desfruta do maior conceito no Judiciário e em todos os meios jurídicos do país%u201D, disse Sarney.

Perguntado se o fato de ele ter sido advogado do PT e do presidente Lula não comprometeria a indicação do futuro ministro do STF, o senador Sarney disse que não. %u201CUm juiz do STF abandona tudo para ser juiz do Supremo%u201D, afirmou.

O senador Tião Viana (PT-AC) também elogiou a escolha do novo ministro do STF e afirmou que ele preenche todos os requisitos e está gabaritado para o cargo. %u201CEsse não é o momento de pensar em partidarização%u201D, disse o petista ao responder colocações da oposição relativas às ligações de Toffoli com o PT.

Já o vice-líder do PSDB, senador Álvaro Dias (PR), disse que a sabatina de Toffoli será diferente das outras que são feitas no Senado nos casos de indicação para ocupação de cargos de ministros. Dias afirmou que as sabatinas normalmente são mais simbólicas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade