Publicidade

Estado de Minas

Celebração da comissão de anistia


postado em 15/03/2011 16:00

Ao completar 10 anos, em solenidade comemorada ontem, a Comissão de Anistia do Ministério da Justiça homenageou as mulheres perseguidas durante a ditadura militar (1964-1985). O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, destacou que o governo deve fazer sempre o resgate da história recente do país para “se manter viva a memória” dos acontecimentos. “A capacidade de lembrar-se do passado é o que nos diferencia dos animais. O ser humano lembra para pautar as ações presentes e tem a história para pautar o futuro”, afirmou Cardozo.

  • Tags
  • #
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade