Publicidade

Estado de Minas

Morte repentina de Itamar Franco abala a família


postado em 04/07/2011 07:45 / atualizado em 04/07/2011 07:48

Familiares e amigos estavam abalados com a morte repentina do ex-presidente Itamar Franco aos 81anos, completados em 28 de junho. Amigo de longa data, o ex-ministro da Casa Civil Henrique Hargreaves disse que toda a família foi pega de surpresa, pois a doença do senador foi diagnosticada em 20 de maio e ele acabou falecendo 42 dias depois. “Foi tudo muito rápido, ficamos muito abalados. Ele era muito querido e estava muito animado com o Senado, cheio de disposição.”

As duas filhas de Itamar, Georgiana Surerus Franco, 40 anos, e Fabiana Surerus Franco, 39, também ficaram muito emocionadas durante toda a cerimônia.

Seguindo a tradição da família, que sempre prezou pela discrição e nunca gostou de holofotes, as duas evitaram a imprensa e, na hora de maior movimento do velório, no início da tarde, retiraram-se da cerimônia, voltando somente no fim da tarde, quando foi celebrado um culto ecumênico em homenagem ao pai.

Fabiana chegou ao velório amparada pelo motorista que há 22 anos trabalha com a família, Jorge Patrício, 65 anos. Georgiana estava acompanha da irmã de Itamar, Mathilde Franco. As duas também estavam com a mãe, Ana Elisa Surerus, ex-mulher de Itamar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade