Publicidade

Estado de Minas

Governistas querem aprovar em dezembro criação do Funpresp


postado em 23/11/2011 21:38

Brasília – Os governistas trabalham para aprovar até dezembro o projeto de lei do Executivo que cria a Fundação de Previdência Complementar do Serviço Público Federal (Funpresp). Hoje (23), o ministro da Previdência, Garibaldi Alves Filho, esteve na Câmara, onde se reuniu com líderes da base governista para discutir a criação da Funpresp.

Segundo o líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), ficou acertado que serão criados três fundos: um para os servidores do Executivo, outro para o Legislativo e mais um para os servidores do Poder Judiciário. A ideia era criar apenas um fundo, mas o governo cedeu às pressões e aceitou a criação dos três fundos como queria o Judiciário. “Vai sair mais caro, porque tem as despesas administrativas”, disse Vaccarezza.

O líder governista declarou que, embora esteja definido a criação dos três fundos, as regras serão as mesmas para cada fundo. Vaccarezza informou que há apenas um ponto divergente nas negociações para votação do projeto, que é a questão da contribuição para os fundos. “O governo defende 7,5 %, mas representantes dos servidores querem 8,5%”.

A ideia dos governistas é aprovar o projeto na Câmara no mês de dezembro e no Senado em março do ano que vem. Além de Vaccarezza, participaram da reunião a maioria dos líderes dos partidos da base aliada.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade