Publicidade

Estado de Minas

Aprovação da Funpresp permitirá a liberação de, pelo menos, nove concursos


postado em 30/03/2012 07:24

A aprovação da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal (Funpresp) pelo Senado na última quarta-feira permitirá a liberação de, pelo menos, nove concursos até setembro. Juntos, eles somarão 2.074 vagas, com salários que chegam a R$ 12,9 mil. O motivo é que muitos certames foram congelados desde o fim do ano passado, em uma estratégia para que os novos servidores só ingressem no funcionalismo quando o fundo estiver em operação. A partir de agora, a presidente Dilma Rousseff tem duas semanas para sancionar a Funpresp e o prazo para a implementação do regime é de 180 dias, mas Dilma deixou claro que pretende fazer isso o mais rápido possível.

O ministro da previdência, Garibaldi Alves, voltou a declarar, ontem, que seria incoerente o governo nomear servidores sob o regime atual. “O que se impõe agora é que só se venha a ter contratação e posse dos servidores sob o novo regime. Caso contrário, seria uma contradição exemplar”, argumentou. “Em meados de maio e junho, a validade de diversas portarias (que autorizam a realização de concursos) estará próxima de vencer, e os órgãos não terão escolha senão lançar os editais”, lembrou José Wilson Granjeiro, diretor-presidente da rede Grancursos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade