Publicidade

Estado de Minas

Ex-presidente Lula visita José Sarney no hospital em São Paulo


postado em 16/04/2012 21:22 / atualizado em 16/04/2012 21:34

(foto: Ricardo Stucket/Instituto Lula)
(foto: Ricardo Stucket/Instituto Lula)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aproveitou a presença no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde realizou mais uma sessão de fonoaudiologia – parte do tratamento para normalizar a voz dele - para visitar o presidente do Senado, José Sarney (DEM), que está internado na unidade para tratamento de problemas cardíacos. O petista esteve com Sarney por cerca de 20 minutos, no início da tarde desta segunda-feira, segundo informações da assessoria de Lula. Conforme o hospital, Sarney teve alta da Unidade de Terapia Intensa (UTI), mas ainda permanecerá internado. Além de Lula, o líder do governo na Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), o líder da maioria no Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab e o senador Gim Argello (PTB-DF), visitaram Sarney.

Sarney foi internado sábado, após sentir dores fortes no peito. No mesmo dia, os médicos detectaram alterações compatíveis com o quadro de insuficiência coronariana. Nesse domingo, o senador foi submetido a um cateterismo (para introduzir um cateter na artéria) e a uma angioplastia (cirurgia específica para desobstruir a artéria), com a colocação de um stent, espécie de tubo artificial usado para expandir a artéria e regularizar o fluxo de sangue). O senador deve ficar internado por, pelo menos, uma semana. Quando deixar o hospital, Sarney deverá ainda ficar mais uma semana em recuperação, para só então retornar às atividades parlamentares.

(foto: Ricardo Stucket/Instituto Lula)
(foto: Ricardo Stucket/Instituto Lula)

Dia Mundial da Voz

Hoje, o ex-presidente Lula também divulgou uma mensagem em homenagem ao Dia Mundial da Voz, comemorado nesta segunda-feira. O petista agradeceu o apoio dos profissionais que o atendem desde o início do tratamento contra o câncer na laringe, descoberto em outubro passado. "Tive muito medo de perder minha voz", admitiu.

O tumor na laringe entrou em remissão completa, mas Lula segue tratamento para normalizar sua voz e deglutição. "Continuo fazendo fonoterapia, pois tenho certeza de que minha voz pode melhorar ainda mais", contou. O petista desejou que todos possam ter a mesma oportunidade que ele teve em seu processo de recuperação. "Espero que todas as pessoas que têm o problema que eu tive possam ter acesso ao mesmo tratamento que eu estou tendo", disse.

Retorno aos palanques

No último sábado, em sua primeira aparição em palanque, após a conclusão do câncer de laringe, Lula fez um lance duplo a favor de seu candidato à prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad. Além de aparecer ao lado dele pela primeira vez em evento público, desde que a pré-candidatura foi posta na rua, ele ainda atraiu para o palanque a senadora Marta Suplicy, que andava afastada e descontente desde que foi obrigada a desistir de sua candidatura ao cargo - por pressão do próprio Lula.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade