Publicidade

Estado de Minas

Com viagens de Dilma e Temer, Renan Calheiros assume a Presidência

A presidente Dilma Rousseff viajou para a Etiópia (África), o vice-presidente Michel Temer foi para o Equador e o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, também está fora do país


postado em 24/05/2013 08:50

Renan ficará na Presidência da República até sábado(foto: Carlos Moura/CB/D.A Press)
Renan ficará na Presidência da República até sábado (foto: Carlos Moura/CB/D.A Press)
O presidente do Senado, Renan Calheiros, passará nesta sexta-feira (24/5) como presidente da República. Terceiro na linha sucessória, Renan assumiu o cargo máximo do país no fim da noite de quinta-feira (23/5) porque a presidente Dilma Rousseff viajou para a Etiópia (África), o vice-presidente Michel Temer foi para o Equador e o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, também está fora do país.

Dilma viajou para Adis Abeba, capital da Etiópia, onde vai participar de cerimônia em comemoração ao aniversário da União Africana, e fica fora do Brasil até a noite de domingo (26/5). Temer, que está no em Quito, capital do Equador, para a posse do presidente reeleito Rafael Correa, retornará ao Brasil no sábado (25/5), assumindo a Presidência no lugar de Renan.

Leia mais notícias em Política

Em 2006, Renan já havia assumido a Presidência da República interinamente durante uma viagem ao exterior do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seu vice, José Alencar. Na época, ele também era presidente no Senado e o presidente da Câmara, segundo na linha sucessória, também estava fora do país.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade