Publicidade

Estado de Minas

Renan Calheiros deve reembolsar a União por usar, de novo, jato da FAB

O presidente do Senado viajou de Brasília ao Recife para se submeter a uma cirurgia de implante de cabelo.


postado em 22/12/2013 09:22 / atualizado em 22/12/2013 09:31

(foto: Geyson Lenin/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Geyson Lenin/Esp. CB/D.A Press)


Envolvido em mais um caso de voo com avião da Força Aérea Brasileira (FAB) sem agenda de trabalho, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), deverá devolver, de novo, os recursos referentes ao custo do deslocamento aos cofres públicos. A informação sobre a viagem de Renan de Brasília ao Recife na última quarta-feira para se submeter a uma cirurgia de implante de 10 mil fios de cabelo foi divulgada ontem pelo jornal Folha de S.Paulo. A assessoria do presidente do Senado informou, ontem, que ele vai consultar formalmente a FAB para saber se houve irregularidade e, asim, reembolsar o Estado.

Em junho deste ano, o cacique peemedebista já havia usado aeronave da FAB para assuntos particulares e teve de reembolsar a União em R$ 32 mil —, mas só depois da péssima repercussão do episódio. Na ocasião, ele foi a um casamento da filha do senador Eduardo Braga (PMDB-AM) em Trancoso (BA).

Leia mais notícias de Política

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade