Politica

Troca da diretoria pode entrar no relatório da CPMI da Petrobras

Deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) apresentou voto em separado pedindo a inclusão da troca da diretoria da Petrobras no relatório final da CPMI, que será votado na quarta

postado em 15/12/2014 19:28

Segundo Lorenzoni, Graça Foster teria omitido informações ao depor diante da CPMI
O deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) apresentou nesta segunda-feira (15/12) um voto em separado ao relatório final da CPMI da Petrobras. No texto, o oposicionista gaúcho inclui entre as recomendações do relatório a substituição da diretoria da Petrobras e o afastamento da atual presidente da estatal petroleira, Graça Foster.

[SAIBAMAIS]O voto em separado e o relatório final da CPMI, redigido pelo relator Marco Maia (PT-RS), podem ser votados na manhã desta quarta-feira (17/12). Segundo Lorenzoni, Graça Foster teria omitido informações ao depor diante da CPMI, em julho, relativas ao pagamento de propina por parte da empresa holandesa SBM Offshore a funcionários da Petrobras. Posteriormente, a própria Graça admitiu ter sido informada pelos holandeses.



"A senhora Graça Foster escondeu da CPMI uma informação que ela já sabia e estava obrigada a dividir com os membros da Comissão de Inquérito Parlamentar", diz um trecho do voto apresentado por Onyx.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação