Publicidade

Estado de Minas

Caiado diz que vai trabalhar para que Janot seja aprovado no Senado


postado em 08/08/2015 16:25

Após a confirmação de que a presidente Dilma Rousseff decidiu reconduzir o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para o cargo, o líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado (GO), afirmou neste sábado, 8, que vai trabalhar para que o nome dele seja aprovado no Senado.

"Pelo que tenho conversado no plenário, ele terá uma ampla maioria dos votos. É preciso manter essa política de assepsia para resgatar o prestígio da classe política e empresarial do País e fazer com que a sociedade volte a ter esperança", disse o líder do DEM.

Com 13 senadores investigados na Operação Lava Jato, a expectativa é que Janot enfrente um clima hostil no Senado, onde será sabatinado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Em seguida, seu nome terá de ser aprovado, em votação secreta, pelo plenário da Casa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade