Publicidade

Estado de Minas

Servidoras da Câmara dos Deputados protestam contra "código de vestimenta"

Funcionárias foram trabalhar com lenços na cabeça e decotes, contra sugestão em análise pela Casa para restringir o uso de saias, chapéus e tênis


postado em 09/09/2015 12:32 / atualizado em 09/09/2015 13:03

(foto: Jorge William / Ag. O Globo)
(foto: Jorge William / Ag. O Globo)


A Câmara dos Deputados teve um decotaço promovido por servidoras no fim da manhã desta quarta-feira. O protesto em frente ao hall da taquigrafia tinha o intuito de protestar contra a proposta de criar um “código de vestimenta” na Casa, sugerida pela deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ). Pelo projeto, seria vetados o uso de saias acima do joelho ou roupas com decotes acentuados. Camisas de clubes de futebol e chapéus também seriam proibidos.

O primeiro secretário da Câmara, Beto Mansur (PRB-SP), anunciou na semana passada que acataria a sugestão. Em protesto, as servidores foram hoje para o trabalho cobertas por um lenço na cabeça, de decote, enquanto os homens colocaram chapéus. As mulheres ainda gritaram o lema “cuide do seu decoro que eu cuido do meu decote”. O grupo disse que prepara novas manifestações.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade