Publicidade

Correio Braziliense

Caiado e Lindbergh Farias batem boca no Plenário do Senado

A discussão entre os dois foi tensa e levou à interrupção dos trabalhos. Caiado insinuou que o petista estaria usando drogas


postado em 14/07/2016 01:04

 

Em mais uma discussão tensa no plenário do Senado, o líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), e o líder da oposição, Lindbergh Farias (PT-RJ) bateram boca durante a sessão de votação desta quarta-feira (13/7) com trocas de acusação e insinuação de uso de drogas e de corrupção. A briga levou o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), a suspender a sessão por alguns minutos.

Leia mais notícias em Política

Lindbergh pediu a palavra depois de discurso de Caiado. “Me espanta a cara de pau do senador que me antecedeu, que defendeu todas as pautas bombas, vir agora falar de responsabilidade fiscal. Ora, a gente tem que manter o mínimo de coerência no debate político”, disse.

Caiado então pediu para responder a Lindbergh e o acusou de estar "salivando muito ultimamente" e de estar "com as pupilas muito dilatadas".

Senadores da oposição protestaram argumentando que a fala de Caiado era um desrespeito. Após a briga, o petista afirmou que irá processar Caiado por danos morais e ainda avalia se caberá representação contra ele no Conselho de Ética da Casa. "Ele baixou o nível completamente porque não tem argumentos", disse.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade