Publicidade

Correio Braziliense

Imprensa internacional repercute condenação de Lula na Lava-Jato

Ex-presidente da República foi condenado a nove anos e seis meses pelo juiz Sérgio Moro


postado em 12/07/2017 15:18

Páginas dos principais jornais dos Estados Unidos, Argentina, França e Espanha estampam a condenação de Lula na Lava-Jato(foto: Reprodução)
Páginas dos principais jornais dos Estados Unidos, Argentina, França e Espanha estampam a condenação de Lula na Lava-Jato (foto: Reprodução)


A condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pelo juiz Sérgio Moro em uma ação penal que envolve o caso do triplex está repercutindo na imprensa internacional nesta quarta-feira (12/7). O ex-presidente da República foi condenado a nove anos e seis meses. É a primeira vez, desde a Constituição de 1988, que um ex-presidente é condenado criminalmente. 

A notícia é o destaque da capa do jornal argentino “El Clarín”, que lembra que a sentença deve ser confirmada em segunda instância pelo Tribunal Regional Federal. A rede britânica “BBC” também repercutiu a condenação de Lula dizendo que o ex-presidente rejeita as acusações e diz que o julgamento tem motivação política.

Já o americano "New York Times" afirma que trata-se de "um revés impressionante para um político que exerceu enorme influência na América Latina por décadas". A notícia também é manchete no jornal espanhol “El País”, que diz em um trecho do texto que Lula sempre negou as acusações e que apelava à emoção para convencer seus apoiadores de que sofria perseguição política. 

O francês "Le Figaro" também repercute a condenação e se refere a Lula como "um ícone da esquerda" no Brasil.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade