Publicidade

Correio Braziliense

PF e TSE firmam acordo para compartilhar dados biométricos

Novo diretor da corporação, Fernando Segóvia, se reuniu com o ministro Gilmar Mendes


postado em 16/11/2017 13:45 / atualizado em 16/11/2017 14:19

O novo diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, se reuniu com o ministro Gilmar Mendes, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, nesta quinta-feira (16/11). O encontro teve como objetivo estabelecer uma parceria entre as duas instituições para a troca de dados biométricos. O TSE disponibilizou para a PF o cadastro de 668 milhões de eleitores, o que representa 46% do eleitorado.

De acordo com a assessoria do TSE, o objetivo da parceria é combater fraudes e crimes que possam envolver o sistema eleitoral. A Corte já tem outras parcerias com a PF, entre elas, o envio de peritos da PF para auxiliar na análise da prestação de contas de candidatos e na identificação de possíveis fraudes com a duplicidade de documentos.

 

Leia mais notícias em Política

 

O banco de dados compartilhado também servirá de base para a emissão da Identidade Civil Nacional (ICN), criada para ser utilizada como um documento único do cidadão brasileiro válido em todo território nacional, bem como em todos os órgãos e entidades governamentais e privados.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade