Publicidade

Correio Braziliense

Marun quer terminar relatório da CPMI da JBS antes de assumir ministério

Carlos Marun (PMDB-MS) toma posse como ministro da Secretaria de Governo na próxima quinta-feira. O parlamentar foi convidado para substituir Antonio Imbassahy na pasta


postado em 10/12/2017 17:18

Carlos Marun toma posse na quinta-feira. Ele viajou com Temer para reunião da OMC na Argentina(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
Carlos Marun toma posse na quinta-feira. Ele viajou com Temer para reunião da OMC na Argentina (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)


A posse do deputado Carlos Marun (PMDB-MS) como ministro da Secretaria de Governo está prevista para acontecer na próxima quinta-feira (14/12). O parlamentar foi convidado no sábado para substituir Antonio Imbassahy, que volta para a Câmara dos Deputados. Marun viajou neste domingo (10/12) com o presidente da República, Michel Temer, para evento da Organização Mundial do Comércio (OMC) em Buenos Aires, na Argentina.

Carlos Marun é relator da CPMI da JBS, que tramita no Senado Federal, e não pôde assumir o cargo imediatamente porque ainda precisa finalizar alguns detalhes do documento que será apresentado. A cerimônia de posse do novo ministro será no Palácio do Planalto, provavelmente durante a tarde. Desde 22 de novembro, quando Alexandre Baldy assumiu o Ministério das Cidades, cogita-se que Marun entrará na articulação política do governo.

Na comitiva presidencial para Buenos Aires estão o ministro da Justiça, Torquato Jardim, o ministro do GSI, Sérgio Etchegoyen, o deputado Arthur Maia e o ainda deputado Carlos Marun. O evento na Argentina está previsto para durar durar 90 minutos, e a previsão é de que as autoridades embarquem de volta para o Brasil às 19h30.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade