Publicidade

Correio Braziliense

Rodrigo Maia diz que mudança na Previdência é 'reforma social'

O presidente da Câmara usou a conta no Twitter para dizer que a aprovação do texto é urgente


postado em 02/01/2018 11:20

O presidente da Câmara tenta articular os 308 votos necessários para colocar o texto em votação (foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados)
O presidente da Câmara tenta articular os 308 votos necessários para colocar o texto em votação (foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados)

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ), iniciou o ano como terminou o de 2017: defendendo a aprovação da Reforma da Previdência. O parlamentar, que lidera as articulações do presidente Michel Temer (PMDB) para colocar em votação o texto com as mudanças no sistema previdenciário brasileiro, usou o twitter na manhã desta terça-feira (2/1) para dizer que a proposta do governo é “a mais importante reforma social do país”.


Maia afirmou que as mudanças na Previdência são necessárias não apenas para resolver o problema de desequilíbrio fiscal da economia. “Há uma urgência, sim, que o Brasil volte a ser um país seguro para atrair investimentos. Mas mais do que isso, aprovar a reforma é a única forma de garantirmos que o aposentado, o servidor público, o trabalhador jovem irão receber suas aposentadorias num futuro próximo. Adiar a aprovação desta reforma é também empurrar para o futuro a urgência de uma agenda social que mude de fato a vida do brasileiro”, disse.

Em dezembro, o presidente da Câmara pretendia colocar o texto da reforma em votação, mas o governo não conseguiu os 308 votos necessários para aprovar as mudanças pretendidas. Na volta dos trabalhos, em fevereiro, será o primeiro item articulado pela base de Temer.
 
 
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade