Publicidade

Correio Braziliense

Lula pede prescrição dos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção

Um dia antes do julgamento, a defesa do ex-presidente enviou o pedido aos juízes do Tribunal Regional Federal da 4ª Região


postado em 23/01/2018 12:47

De acordo com o texto, os dois crimes têm prescrição de seis anos. Como teria ocorrido em 2009, esse tempo já teria passado(foto: Luis Nova/Esp. CB/D.A Press)
De acordo com o texto, os dois crimes têm prescrição de seis anos. Como teria ocorrido em 2009, esse tempo já teria passado (foto: Luis Nova/Esp. CB/D.A Press)
 
Um dia antes do julgamento, a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou um pedido aos juízes do Tribunal Regional Federal da 4ª Região para que os crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva sejam prescritos. Segundo o documento de 23 páginas enviado, a suposta vantagem indevida e a lavagem de dinheiro, da qual o Lula é acusado, teriam ocorrido em 2009 e haveria um esgotamento no prazo de punição. 
 
 
De acordo com o texto, os dois crimes têm prescrição de seis anos. Como teria ocorrido em 2009, esse tempo já teria passado. Os advogados pedem, primeiro, que Lula seja absolvido e, em caráter secundário, “pede-se o reconhecimento da prescrição da pretensão punitiva para ambos os crimes”. Além de redução das penas. “Com efeito, se o benefício material – vantagem indevida – ocorreu em 2009, o crime de corrupção, em qualquer modalidade aventada, já teria se consumado naquele momento”, argumenta a defesa. 
 
Por fim, também há um último pedido em “longíngua hipótese”, segundo o texto, caso tenham sido indeferidos todos os pedidos, então que Lula possa ter o direito de recorrer em liberdade dos Tribunais Superiores. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade