Publicidade

Correio Braziliense

Ex-presidente Dilma Rousseff será candidata ao Senado por Minas Gerais

Nesta quinta, Lula e Dilma estavam reunidos com outras lideranças do partido no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, na Grande SP, para definir os próximos passos da legenda nas eleições deste ano


postado em 06/04/2018 06:54

Nessa quinta, Lula e Dilma estavam reunidos com outras lideranças do partido no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo(foto: Marcelo Cholo/AFP)
Nessa quinta, Lula e Dilma estavam reunidos com outras lideranças do partido no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (foto: Marcelo Cholo/AFP)

 
A ex-presidente Dilma Rousseff vai ser candidata ao Senado nas eleições deste ano. A petista deve mudar seu domicílio eleitoral para Minas Gerais ainda nesta sexta-feira (6/4), onde passará a morar. A notícia surgiu em uma tarde agitada, após a ordem de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ser expedida nessa quinta-feira (5/4) pelo juiz federal Sérgio Moro.

A informação foi publicada pelo jornal Folha de S. Paulo e confirmada pelo jornal Estado de Minas. O anúncio oficial deve ser feito nesta sexta.

Nessa quinta, Lula e Dilma estavam reunidos com outras lideranças do partido no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, na Grande SP, para definir os próximos passos da legenda nas eleições deste ano.
 
Em 2017, uma enquete promovida pelo mandato Sempre na Luta, do deputado estadual Rogério Correia (PT-MG), apontou que a maioria ampla gostaria que a ex-presidenta Dilma Rousseff fosse a candidata do PT ao Senado, nas eleições deste ano. O levantamento, realizado no perfil do parlamentar no Twitter, contou com a participação de 2.208 pessoas. 
 
Elas responderam a seguinte questão: “Dilma tem até este sábado para optar se será candidata a senadora em Minas pelo PT. Ajude na decisão. Dilma senadora em MG?”. Dos que responderam, 89% optaram pelo “sim” e 11% optaram por “não.” Ao ser questionado pelo EM quanto a candidatura, o deputado não quis confirmar a informação sobre a possível candidatura de Dilma ao Senado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade