Publicidade

Correio Braziliense

Aumenta movimentação de militantes em frente à sede da PF em Curitiba

A presença de manifestantes cresceu após o fim do discurso de Lula em São Bernardo do Campo


postado em 07/04/2018 13:41 / atualizado em 07/04/2018 15:14

(foto: AFP / Heuler Andrey)
(foto: AFP / Heuler Andrey)

Curitiba - Com o final do discurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em São Bernardo do Campo (SP), aumentou a movimentação de militantes contrários e favoráveis ao petista na sede da Polícia Federal, em Curitiba, neste sábado (7/4).

Na metade do discurso, por volta as 13h, dois carros da Polícia Militar foram estacionados nas ruas próximas à corporação. Um helicóptero da PM sobrevoou a área. Cantando paródias de músicas populares, cerca de 60 partidários de Lula exibiam camisas vermelhas com as fotos do ex-presidente.

(foto: AFP / Mauro PIMENTEL)
(foto: AFP / Mauro PIMENTEL)


Poucos manifestantes com a camisa amarela - contrários à Lula -,estavam em frente ao prédio da Polícia Federal. A expectativa da PM é que a partir de agora aumente o número de manifestantes dos dois grupos.

(foto: Leonardo Cavalcanti/CB/D.A Press)
(foto: Leonardo Cavalcanti/CB/D.A Press)


A Polícia Militar e a companhia de trânsito de Curitiba bloquearam o acesso de veículos nas ruas ao redor da PF. Manifestantes, no entanto, não foram impedidos de continuar em frente ao prédio da Superintendência da PF. A polícia diz que ainda não há motivo de isolar o local e monitora a provável vinda de manifestantes contrários a Lula para executar uma ação mais ostensiva.

Um caminhão trazendo banheiros químicos acabou de chegar na frente do prédio da Polícia Federal, para uso dos manifestantes pró-Lula, que foram separados pela polícia dos contrários ao ex-presidente. Barracas de sindicatos começam a ser montadas também.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade